Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Forticilina InjetávelForticilina "S" Injetável



FORTICILINA “S” é um produto à base de Ampicilina sódica estéril, antibiótico
de amplo espectro, obtido pela associação do Ácido 6-amino-penicilâmico
com uma cadeia de origem sintética. Seu largo espectro de ação garante
vantagem terapêutica de importância sobre outros antibióticos.

FORTICILINA “S” atua contra uma extensa gama de germes patogênicos Gram-positivos e Gram-negativos (Escherichia spp, Salmonella spp, Staphylococcus spp, Streptococcus spp, Pasteurella spp, Proteus, Pseudomonas) responsáveis por diversas enfermidades dos animais.

Apresentação:
Embalagem de 4,0 g: Frasco de 20 mL com 17,5 mL de diluente.
Frasco de 30 mL com 4g de Ampicilina sódica.
Embalagem de 2,0 g: Frasco de 10 mL com 8,75 mL de diluente.
Frasco de 20 mL com 2,0 g de Ampicilina sódica.
Embalagem de 0,5 g: Frasco de 5 mL com 2,19 mL de diluente.
Frasco de 5 mL com 0,5g de Ampicilina sódica.

Fórmula :
Cada 100 g contém:
Ampicilina base..........................87,00 g

Diluente:
Cada Frasco-ampola contém:
Água Bidestilada...........................100%

Indicações:
a) Enfermidade do aparelho respiratório: amigdalites, broncopneumonia, pneumonias causadas por Streptococcus spp, Escherichia coli, Proteus mirabilis, Pasteurella spp., Staphylococcus, Aerobacter spp, Klebsiella spp. b) Enfermidades do aparelho genital, renais e das vias urinárias: metrites, piometra, vaginites, cervicites, salpingites, orquites, nefrites, pielonefrites, cistites, uretrites, causadas por Proteus mirabilis , Escherichia coli, Staphylococcus spp, Enterococcus spp. c) Enfermidades do aparelho digestivo: estomatites, gastronterites infecciosas,enterocolites causadas por Enterococcus spp, Staphylococcus spp., e Escherichia colid). d)Enfermidades infecciosas generalizadas ou locais: carbúnculo bacteriano, carbúnculo sintomático (mancha dos bezerros), pneumoenterites, gangrena gasosa, adenite eqüina, leptospirose, actinomicose, tétano, influenza eqüina, abscessos, feridas acidentais, dermatites bacterianas associadas a viroses, causadas por B.anthracis, clostridium spp., S.equi, E.coli, P.mirabilis, Staphylococcus spp, Pasteurella spp, Salmonella spp, Streptococcus spp.

Posologia e modo de usar:
Administrar por via intramuscular ou endovenosa, lentamente. O uso terapêutico ficará a critério do Médico Veterinário.

Doses:
Cada mL da suspensão reconstituída de FORTICILINA “S” contém 174 mg de princípio ativo em base anidra ou 200mg na forma de ampicilina sódica. As doses variam de 0,5 mL a 1,0 mL da suspensão para cada 20 Kg de massa corporal, segundo a gravidade da infecção: 10mL a 20 mL para animais de médio porte (bezerros, potros, caprinos, ovinos e suínos); 0,5 mL a 2,5 mL para animais de pequeno porte (cães, gatos, leitões e cordeiros). Necessitando repetir a medicação, siga a orientação do Médico Veterinário. É recomendado continuar o tratamento por um período de tempo não inferior a 48 horas após o desaparecimento do quadro clínico.